quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Tarte de Natas de Morango


A forma de fazer é muito simples: uso a receita da tarte de natas e acrescento polpa de morango :) fica muito boa e é uma ótima ideia para a festa de passagem de ano!

Podem usar morangos frescos ou congelados ou ainda adaptar com outro fruto vermelho da vossa preferência.

Esta 'invenção' surguiu num verão em que tinha muitos morangos... fiz doce, comemos, fiz batidos, esta tarte e ainda congelei uma bela parte... assim sempre que quero posso usar morangos bons ao longo do ano ;) fica a dica eheheheheh

Além do mais, aventurei-me a fazer esta tarte por não achar piadinha nenhuma às tartes de natas cor-de-rosa mas que não têm gosto algum em especial... pois apenas são cor-de-rosa por levarem folhas de gelatina dessa cor... qual é a piada disso??!!

Cá vai a forma de fazer, sendo que uso como receita base a minha receita de Tarte de Natas já aqui partilhada ;)

2 pacotes de natas que têm de estar no frio há mais de 24 horas (de 2 dl cada um)
1 lata de leite condensado
6 folhas de gelatina

200g de morangos
1 pacote de bolacha maria (ou outra da sua preferência)
sumo de meio limão

Picar as bolachas de forma a ficarem uma farinha bem fina (nada de 'grumos' ou pedaços grandes de bolacha ok?).
Partir as folhas de gelatina ao meio e demolhar num pouco de água.

Triturar os morangos com a varinha mágica. Como não gosto de encontrar as grainhas, ainda coei a polpa de morango mas é opcional ;)
Bater as natas, a meio adicionar o sumo de limão, até estarem firmes.
Reduzir a velocidade da batedeira e adicionar o leite condensado e a polpa de morango.
Retirar uma chávena desta mistura, colocar num tachinho e adicionar a gelatina bem escorrida e espremida. Levar a lume muito brando, mexendo sempre e até derreter a gelatina.
Ligue a batedeira numa velocidade média e adicione a mistura da gelatina. Deixe misturar 1 a 2 minutos.
Espalhe a farinha de bolacha no fundo de uma forma - deixe ficar um pouco de sobra (para se for necessário 'compor' a tarte quando a desenformar).
Deite o conteúdo das natas e leite condensado cuidadosamente para não revolver a bolacha e levar ao frio por 6 a 8 horas.

Para desenformar: passe uma faca entre a forma e a tarte, para soltar bem a lateral, coloque o prato de servir em cima e vire ao contrário.
Caso a tarte não caia logo, deixe-a ficar nessa posição... ela vai cair de certeza ao fim de algum tempo - às vezes acontece ficar colada ao fundo, quando isso acontece dou umas pancadinhas com o cabo da faca em todo o fundo da forma e costuma resultar ;)

Apreciem ;)