sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Bolo de Noz - Bolo da Clara


Mais um bolinho que retirei da revista Teleculinária Gold de janeiro 2020, desta vez escolhi este bolo de Noz que na revista estava chamado do bolo da Clara... deve ser o nome da senhora que deu a receita ;)
É um bolo muito simples e fica com uma gostinho maravilhoso de nozes nham nham

Vamos lá à receita:

100g de miolo de noz
6 ovos
100g de manteiga à temperatura ambiente
200g de açúcar
200g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Ligue o forno a 180 ºC.
Coloque as nozes numa picadora e triture por uns segundos até obter uma espécie de farinha. Reserve.
Separe as gemas das claras, bata as claras em castelo firme. Reserve tanto as claras em castelo como as gemas.
Numa taça coloque a manteiga e o açúcar, bata por uns 5 minutos para obter uma mistura fofa.
Adicione as gemas, uma a uma, deixando bater bem entre cada adição. Deixe bater por mais uns 5 minutos para obter uma gemada fofa e esbranquiçada.
Adicione a farinha de nozes, a farinha e o fermento em pó. Envolva bem.
Junte depois as claras em castelo envolvendo delicadamente.
Verta a massa numa forma untada e enfarinhada, leve ao forno por uns 30 a 40 minutos (verifique se o bolo está cozido com o teste do palito).
Desenforme e sirva :)

Apreciem ;) 
Sigam aqui o blogue, deixem o vosso gosto na página de facebook e sigam também pelo instagram :)

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Bolachas Marinheiras Integrais de Espelta

                                     

Bolachinhas para o lanche é um clássico, se forem saudáveis ainda melhor ;)
Aqui no blogue já tenho várias receitas de bolachas marinheiras, desta vez fiz mais uma versão usando como base esta receia: https://acucarsal.blogspot.com/2020/04/bolachas-tipo-marinheiras.html
Uso esta receita porque corre sempre bem, os ingredientes são simples e depois é só mudar a farinha ou acrescentar temperos e sementes ;) Desta vez usei farinha integral de espelta (compro no Aldi) e iogurte grego.

Vamos lá à receita:

1 iogurte natural grego (125g)
2 medidas do copo de iogurte de farinha integral de espelta
1 colher de sopa de azeite
1/2 colher de chá de sal fino

Ligar o forno a 180 ºC.
Numa taça colocar todos os ingredientes, misturar à mão até obter uma massa homogénea e que não se cole às mãos (pode adicionar mais um pouco de farinha se achar necessário).
Numa superfície enfarinhada estique a massa com um rolo até a massa estar fina, corte rodelas de massa com um cortador (ou outro formato) e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Leve ao forno por uns 10 a 15 minutos até as bolachinhas estarem douradas e crocantes :)
Deixe arrefecer completamente e coloque numa lata ou frasco que feche bem para manter as bolachas estaladiças.
                               

Apreciem ;) 
Sigam aqui o blogue, deixem o vosso gosto na página de facebook e sigam também pelo instagram :)

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Risoto de Abóbora

Aí há uns dias vi um vídeo no youtube de um risoto de abóbora... fiquei aguada!!! Apontei logo risoto na lista das compras eheheh 
Podem ver o vídeo que vi aqui: 
Fiz algumas alterações a meu gosto ;)
Ficou bem saboroso e cremoso, uma delícia.

Vamos lá à receita (para 2 a 3 doses - usei uma chávena medidora de 250 ml):

1 cebola pequena
1 colher de sopa de massa de alho e gengibre (receita)
3 colheres de sopa de azeite
1 folha de louro
sal qb
1 chávena de chá de arroz para risoto
3 chávenas de chá de caldo de legumes (usei água de cozer abóbora)
1 chávena de chá de abóbora cozida (bem escorrida e em puré - com abóbora assada fica muito bom)
1/2 chávena de chá de vinho branco
1/2 chávena de chá de queijo ralado
pimenta preta moída qb

Pique a cebola muito finamente (usei um mixer).
Entretanto coloque o caldo de legumes a aquecer.
Num tacho coloque a cebola, massa de alho e gengibre, azeite e a fola de louro. Leve ao lume para refogar até dourar (mexa de vez em quando).
Junte o arroz ao refogado, envolva bem e deixe fritar para absorver o azeite.
Adicione uma chávena de chá do caldo de legumes, mexa e deixe cozinhar até absorver todo o líquido.
Junte outra chávena de chá do caldo, mexa e deixe cozer até absorver bem todo o líquido novamente.
Junte a abobora em puré e o vinho branco, envolva bem e adicione sal a gosto.
Junte a outra chávena de chá do caldo, mexa e deixe cozer até o risoto estar no ponto certo (pode ser necessário mais caldo, depende do risoto - usei o da marca portuguesa Bom Sucesso).
Adicione o queijo ralado um pouco de menta preta moída , envolva para derreter o queijo e sirva de imediato (podem enriquecer esta receita acrescentando mais ingredientes ou usar como acompanhamento - usei como prato principal).

Apreciem ;) 
Sigam aqui o blogue, deixem o vosso gosto na página de facebook e sigam também pelo instagram :)

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Arroz de Lingueirão #3


Mais uma versão deste arroz...a terceira já aqui o blogue!!! Podem ver as outras receitas aqui, esta receia é ainda mais simples e fiz para participar num passatempo (foi à fase de apuramento mas depois não passou à outra fase).
Para mim ficou muito bom eheheh e cá em casa gostamos muito e limpamos o prato :) de salientar que a qualidade dos lingueirões fazem toda a diferença, nós apanhamos com sal na Ria Formosa... tiramos licença de pesca lúdica (anual) e de vez em quando vamos mariscar ;) 

Vamos lá então à receita:

1kg de lingueirão fresco (bem lavado)
1,5 L de água
1 cebola
3 dentes de alho
1 folha de louro
azeite qb
1 colher de chá de pimentão doce
1 malagueta
1/2 pimento vermelho
6 tomates maduros (agora uso dos congelados)
200g de arroz (qualquer tipo ao vosso gosto: carolino, agulha, vaporizado, etc...)
100 ml de vinho branco
sal qb
coentros frescos picados qb

Num tacho coloque os lingueirões (muito bem lavados) e a água, leve ao lume e deixe ferver por uns 15 minutos.
Retire do lume, escorra e coe a água que deve reservar. 
Retire o miolo dos lingueirões das cascas, lave bem para remover alguma areia e corte cada lingueirão em três partes. Reserve.
Num tacho coloque a cebola picada finamente, os dentes de alho também finamente picados, acrescente o azeite, a folha de louro, o pimentão doce, a malagueta partida em pedaços e o pimento vermelho picado em cubos. 
Leve a lume médio e deixe refogar, mexendo de vez em quando, por uns 10 minutos.
Despele os tomates (que devem estar maduros), pique em cubinhos e junte ao refogado. Mexa de vez em quando e deixe fritar por uns 10 minutos para desfazer bem o tomate.
Adicione 1 litro da água de cozedura dos lingueirões (devidamente coada e se não chegar a um litro, complete com água comum). Tape o tacho e deixe levantar fervura.
Assim que a água ferver, junte o arroz, os lingueirões picados e o vinho branco. Mexa bem, prove para retificar o sal.
Deixe cozinhar, com o tacho semi-tapado, por uns 15 minutos (até o arroz estar praticamente cozido).
Desligue o lume, junte alguns coentros frescos picados e envolva no arroz.
Polvilhe com os restantes coentros frescos bem picadinhos, tape o tacho e deixe repousar 5 minutos antes de servir.

Apreciem ;) 
Sigam aqui o blogue, deixem o vosso gosto na página de facebook e sigam também pelo instagram :)