quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Sal Picante (receita Bimby)


A ideia para fazer este sal aromatizado vi no livro A Bimby Faz, guardei a ideia e decidi experimentar para oferecer no Natal a alguns amigos. Levo sempre uns saquinhos com miminhos no jantar de Natal com os amigos, este ano ofereci compota (variei, a uns ofereci de limão para acompanhar com queijos - publico a receita em breve, e a outros ofereci de ameixa ou de figo), bolachinhas espirais, lagartos e o sal picante... para quem tem crianças fiz ainda um miminho com rolos de papel higiénico, recheado com doces e decorado de rena para pendurar na árvore de Natal (ainda não mostrei aqui no blog como se faz!).
Voltando aqui ao sal picante, a ideia é super fácil e rápida de se fazer e muito prática para ter em casa e temperar, por exemplo, carnes mas podem usar para temperar o que quiserem desde que gostem de picante ;)
Fiz na bimby mas dá para fazerem em qualquer máquina que pique ou triture.

Vamos lá à 'receita':

200g de sal marinho
4 malaguetas vermelhas secas (se tiverem frescas usem apenas duas)

Coloque o sal e as malaguetas (Sem o pézinho) no copo e triture 10 segundos na velocidade 7.
Coloque a mistura em frascos de vidro e feche bem (se usarem as malaguetas frescas têm de colocar a mistura num tabuleiro e deixar a secar ao ar por 48 horas antes de colocarem nos frascos).
Agora use como mais gostar :)


Apreciem ;)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Raffaellos


Estes bombons são uma delícia! Uma tentação e fácil de se fazer :)
É mais uma das receitas que fiz para o Desafio de Natal do Cantinho das Cozinheiras e foi retirada do blog Receitinhas da Belinha Gulosa. Podem ver a receita original aqui:


A única alteração que fiz à receita da Isabel foi usar uma amêndoa torrada para colocar no centro dos bombons em vez da avelã que era sugerida... fiz esta alteração por dois motivos: o primeiro porque tenho muitas amêndoas das nossas e o segundos foi porque o raffaello verdadeiro tem amêndoa; ) 
Estes bombons fiz para oferecer à família e fizeram muito sucesso, além do mais são os preferidos da minha mãe e ela adorou :) 

Vamos lá então à receita (rende cerca de 4 dúzias de bombons):

200g de chocolate branco
4 folhas de gelatina
100 ml de natas
1 lata de leite condensado
200g de côco ralado
Amêndoa torrada qb para rechear
Côco ralado qg para enrolar
Óleo para untar as mãos e forminhas de papel

Comece por cortar as folhas de gelatina numa taça e cubra com água fria para hidratar.
Entretanto corte o chocolate branco e coloque numa taça, leve ao microondas de 30 em 30 segundos (mexendo entre cada intervalo) até que o chocolate derreta todo.
Esprema a gelatina hidratada, leve ao microondas uns 10 segundos para derreter.
Junte ao chocolate e envolva bem.
Adicione as natas e o leite condensado e misture tudo (se achar necessário, porque o chocolate branco endurece rápido, pode levar ao microondas uns 15 segundos).
Adicione o côco ralado, envolva bem e leve ao frigorífico pelo menos por 2 horas.
Unte as mãos com um pouco de óleo, retire colheres de massa e enrole formando uma bolinha, coloque uma amêndoa torrada no interior e enrole novamente para fechar. Passe as bolinhas por côco ralado e coloque nas forminhas de papel.
Repita o processo até terminar toda a massa.

Nota: deve guardar no frigorífico se o tempo estiver quente e o número de bombons vai depender do tamanho que fizer as bolinhas, não fiz muito grandes porque são bem docinhos e depois torna-se enjoativo... façam ao vosso gosto ;) 

Apreciem ;) 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Feliz Natal


Hoje não trago uma receita mas sim os meus votos de que tenham um Natal muito feliz, na companhia de quem mais gostam e gosta de vocês :) que seja um Natal docinho como se quer e quentinho.
Que a paz e harmonia reine entre vós e nos vossos corações.
Sejam felizes <3
Obrigada por estarem aqui :) espero que cá continuem :)

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Bolo de Cacau sem Ovos - Queques Natalícios


Mais uma receitinha para o desafio de Natal do Cantinho das Cozinheiras :) desta vez escolhi uma receita da querida Ana Rama e da sua página CakeDiction, visitem e deixem o vosso like ;) 


A receita original podem ver aqui na página da Ana:
Adorei a ideia de poder fazer um bolo sem ovos, já tinha feito uma receita deste tipo mas esta é muito melhor... fica tão fofinho que ninguém acredita que é um bolo sem ovos!
Recomendo mesmo ;)
Fiz em formato queques e decorei com floquinhos de neve em pasta de açúcar porque os levei para a festinha de natal que fiz com os meus alunos lá na escola... foi um sucesso tão grande, era ver os miúdos a devorarem os bolinhos e a repetir :)

Vamos lá à receita:

300g de farinha com fermento
260g de açúcar amarelo
50g de cacau em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1+1/2 colheres de sopa de vinagre branco
100 ml de óleo
330 ml de água morna
40 ml de café (é opcional e se não quiserem usar coloque a mesma quantidade mas de água)

Ligue o forno a 180 ºC.
Numa taça coloque todos os ingredientes secos, envolva-os bem.
Adicionar todos os ingredientes líquidos e misturar tudo muito bem.
Dividir a massa por fominhas para queques (coloco a forminha de papel dentro de uma forma de alumínio) e levar ao forno por uns 15 a 20 minutos. Podem também fazer um bolo único colocando a massa numa forma bem untada e polvilhada com farinha (pode também forrar com papel vegetal para evitar que cole ao fundo).
Decore a gosto: ou como eu, com floquinhos de neve em pasta de açúcar ou apenas polvilhado com açúcar em pó :)


Apreciem ;)

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Bolachas Espirais



Vi estas bolachinhas num vídeo do canal La Dolce Rita e fiquei com vontade de as experimentar, não só pelo aspeto que fica lindo mas também por ser uma receita simples em termos de ingredientes. 
Podem ver o vídeo aqui: https://youtu.be/sgZOZbjS2YA
Fiz uma primeira versão da receita tal e qual a chef Rita mostrou no vídeo e depois fiz uma segunda versão natalícia em que não usei o cacau mas sim corantes vermelho e verde :)
Adorei o efeito e a reação das pessoas quando receberam as bolachinhas no jantar de Natal ;)

Vamos à receita:

120g de manteiga amolecida (não derretida)
125g de açúcar 
1 ovo
1/2 colher de chá de essência de baunilha (receita)
250g de farinha
1/2 colher de chá de fermento em pó
1 colher de sopa de cacau em pó

Numa taça coloque a manteiga e o açúcar e bata até este último estar dissolvido.
Adicione o ovo e a essência de baunilha e mexa bem para envolver.
Adicione a farinha e o fermento e amasse até conseguir obter uma massa homogénea.
Divida a massa em duas partes iguais, reserve uma parte e à outra parte junte o cacau em pó e amasse para obter uma massa bem misturada.
Embrulhe as massas em película aderente e leve 1 a 2 horas ao frigorífico.
Ligue o forno a 180 °C.
Estique as massas de forma a ficarem do mesmo tamanho e formato, coloque a massa escura, passe um pouco de água na superfície e cole a outra massa. Enrole para formar uma torta e corte, com uma faca afiada, fatias de meio centímetro de espessura.
Coloque as rodelas de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno por 15 a 20 minutos.

 
Apreciem ;)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Palmieres Simples com Açúcar e Canela


A semana passada fui jantar a casa de uma amiga, o convite foi assim em cima da hora e não tinha nada preparado para levar! (gosto sempre de levar algo) Ainda mais no dia do jantar iria sair tarde do trabalho...
Acabei por sair mais cedo do que o esperado, passei no Lidl e trouxe uma massa folhada retangular e depois foi por mãos à obra e em menos de nada tinha este pequenos palmieres prontos :) simples, rápidos, saboroso, estaladiços... viciantes!!!
Parecem ser também um ótimo miminho para oferecer a alguém nesta época ;) não acham?!

Vamos lá à forma de preparo:

1 massa folhada retangular
açúcar amarelo qb
canela em pó qb

Ligar o forno a 180 ºC.
Abrir o rolo de massa folhada, polvilhar com um pouco de açúcar e depois canela. 
Enrolar como se fosse uma torta pelo lado mais comprido até meio da massa e depois repetir do outro lado até chegar ao meio.


Com uma faca bem afiada cortar rodelas de meio centímetro de espessura e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Levar ao forno por uns 15 a 20 minutos até os palmieres estarem tostadinhos ao seu gosto.


Apreciem ;)

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Lagartos


Gosto muito deste tipo de biscoitinhos, são perfeitos para acompanhar um café ou um chá (e são um vício!).
Estes fiz para ficar em casa e também para oferecer num jantar de Natal com amigos que tive ontem, fiz estes biscoitos e umas bolachinhas muito engraçadas que partilho em breve ;)
A receita vi aqui: http://www.bimbexpress.pt/2018/05/lagartos.html e fiquei com vontade de fazer. Usei a bimby para fazer a massa (mas sinceramente o trabalho que dá tirar a massa toda de lá de dentro... mais vale fazer numa taça à mão!) e para modelar useia M-Press da Tupperware. Podem usar um saco de pasteleiro para dar a forma aos biscoitos mas tem de ser resistente por a massa é densa e difícil de 'espremer'.
Alterei só a quantidade de gemas a usar, tinha poucos ovos e não podia usar tantas gemas... então inventei ;)

Vamos lá então à receita, fiz metade desta receita por receio de render muito (já que na receita original falava em cerca de 90 unidades!!!):

casca de 1 limão (só a parte amarela)
250g de açúcar
250g de manteiga amolecida
4 gemas
1 ovos
600g de farinha
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

No copo da bimby colocar a casca de limão e o açúcar e pulverizar 10 segundos na velocidade 9.
Adicionar a manteiga e bater 4 minutos na velocidade 4.
Juntar as gemas e o ovo e bater mais 3 minutos na velocidade 4.
Juntar a farinha e o bicarbonato de sódio e envolver 20 segundos na velocidade 7 (pode repetir este passo se achar que é necessário misturar melhor).
Ligar o forno a 180 ºC.
Retirar a massa do copo e colocar na M-Press, ou num saco de pasteleiro, e modelar os biscoitos.
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno por uns 15 a 20 minutos (até os biscoitos estarem douradinhos).

Apreciem ;)

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Bolo de Mel e Erva Doce


Começamos a semana com um bolinho (para 'variar', sai um doce!) e cheira-me que vai ser uma semana doce... e por aí?
Já agora... só falta uma semana para o Natal!!!!!
Este bolinho vi há alguma tempo num blog, guardei a receita e fiz há umas semana atrás. Hoje partilho convosco a receita ;) podem ver a receita original no blog da Marlene Oliveira: 
Gostámos do sabor do bolo e parece-me uma boa opção para fazerem e oferecerem a alguém que aprecie estes sabores ;) 

Agora bora lá à receita que fiz, cuja única diferença foi mesma a ordem pela qual adicionei os ingredientes:

50g de manteiga amolecida
100g de açúcar amarelo
6 ovos
100g de mel
raspa de 1 limão
1 colher de chá de erva doce em pó
250g de farinha com fermento (ou use sem fermento e adicione 1 colher de chá de fermento em pó)

Ligue o forno a 180 ºC.
Numa taça coloque a manteiga e o açúcar e bata com uma vara de arames só para misturar tudo bem.
Adicione os ovos e batra até obter uma gemada e o açúcar estar dissolvido.
Adicione o mel, a raspa de limão e a erva doce em pó e misture bem.
Adicione a farinha e envolva até misturar bem.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno por uns 35 a 40 minutos (veja se o bolo está cozido pelo teste do palito).
Deixe arrefecer uns 5 minutos e desenforme.

Apreciem ;) 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Broas Saudáveis


Aqui está mais uma receitinha para o Desafio de Natal do Cantinho das Cozinheiras :) desta vez escolhi uma receita saudável do blog da Inês, O Diário da Inês. Estas broinhas chamaram-me a atenção por serem saudáveis e depois porque me pareceram ótimas para levar para os lanches esta semana (e não me enganei, foram-se logo todas!).


Ao início achei que não iriam ficar boas porque realmente não têm praticamente doce mas a textura agradou-me, são mais secas que as broas castelares, e com as especiarias ficaram muito apetitosas.  Apesar de na receita dela a Inês não ter usado todas as especiarias, estas eram opcionais e decidi usar. Vou repetir de certeza para uns lanches mais saudáveis ao longo da semana ;)


Vamos lá então à receita que rendeu 10 broas:

150g de batata doce cozida e sem pele
1 colher de sopa de azeite (tive de usar 2 para dar o ponto da massa)
70g de farinha de milho
2 colheres de sopa de açúcar amarelo 
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de café de gengibre em pó
1 colher de café de noz moscada moída
gema de ovo para pincelar (ou ovo batido)

Ligar o forno a 180 ºC.
Colocar a batata doce numa taça e esmagar para obter um puré (usei o esmagador de batatas, podem usar um garfo ou triturar).
Adicione todos os outros ingredientes e amasse até obter uma massa homogénea.
Com duas colheres de sopa retire porções de massa e forme 1 quenelle (como se faz para os pastéis de bacalhau) e coloque num tabuleiro forrando com papel vegetal.
Espalme ligeiramente as broas (para ficarem na forma perfeita) e pincele com a gema de ovo.
Leve ao forno por 20 minutos.


Apreciem ;) 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Filhós Enroladas e com Calda


Adoro este tipo de filhós!!! Cá por casa gostamos todos e muito ahahahah
Para a massa uso uma receita já aqui publicada há algum tempo apenas fui aprimorando e arranjando truques para obter uma massa cada vez melhor... querem saber quais são? São 3:
1 - usar farinha da Nacional sem fermento (não é publicidade nem patrocínio, é mesmo por experiência aquela com que obtenho melhor resultados neste tipo de fritos)
2 - usar 1 colher de sopa de vinagre para a massa fazer mais bolhinhas e ficar mais estaladiça
3 - usar óleo Fula (também não é publicidade nem patrocínio... os fritos ficam melhores!) e fritar em temperatura média à volta dos 170 ºC

Para a calda tirei a ideia deste vídeo e podem fazer mais quantidade se acharem melhor, a receita que aqui ponho é a base:


Esta é também a massa que uso para fazer as azevias, ficam uma maravilha.


Posto isto vamos lá à receita que fiz (atenção que esta receita rende muito, faço azevias e depois faço estas filhoses... caso não queiram fazer grande quantidade, façam apenas metade da receita)

Filhós
1 kg de farinha sem fermento
Sumo de 5 laranjas
2,5 dl de vinho branco
100g de manteiga derretida
100g de banha de porco derretida
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco (opcional mas recomendo)
óleo para fritar

Misture bem todos os ingredientes até obter uma massa homogénea.À partida a quantidade de líquidos indicada é a ideal para a massa ficar no ponto, mas as laranjas nem sempre têm o mesmo tamanho nem a mesma quantidade de sumo! Por isso, por vezes é necessário adicionar mais um pouquito de farinha para a massa ficar no ponto em que não se cola às mãos. Se for caso de ser ao contrário, se a massa estiver muito seca, adicione um pouco de água fria (e em quantidades muito pequenas) até a massa estar no ponto.
Deixe a massa a repousar por 15 a 20 minutos.
Estenda-a numa superfície enfarinhada até ter uma espessura de mais ou menos 3 mm (não pode ser demasiado fina), corte retângulos de massa de uns 8 a 10 cm de largura por uns 25 cm de comprimento.
Frite em óleo médio com o auxílio de um garfo de madeira ou metal, e vá virando para enrolar a massa e ir fritando (ver este vídeo ajuda a perceber).
Escorra sobre papel absorvente e repita até terminar toda a massa.


Calda 
1 chávena de chá de mel
1/2 chávena de chá de açúcar amarelo
1/2 chávena de chá de açúcar branco
1 casquinha de limão 
1 pau de canela

Coloque todos os ingredientes num tacho, leve ao lume até ferver.
Deixe ferver por uns 5 minutos.
Passe as filhoses na calda, deixe-as a escorrer e depois devore :)


Se preferirem podem só passar as filhoses por uma mistura de açúcar e canela ou ainda comê-las simples.
Apreciem ;) 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Bolo de Natas


Mais um bolinho, este vem a meio da semana para dar energias ;)
Este bolo vi num grupo a que pertenço: Bolos Caseiros e Artesanais da Lari (vejam no facebook porque porque tem por lá muitas receitinhas boas).
Só vos posso dizer para fazerem este bolo: é muito bom!!!

Vamos lá à receita:

300g de natas
2 ovos
1 + 1/2 chávenas de chá de farinha
1 chávena de chá de açúcar
1 colher de chá de fermento em pó

Ligue o forno a 180 ºC.
Numa taça coloque as natas, os ovos e o açúcar a bata na batedeira por uns 5 minutos em velocidade média para alta.
Adicione a farinha e o fermento com pó e misture à mão com uma espátula até obter uma mistura homogénea.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno por 35 a 40 minutos (veja se o bolo está cozido com o teste do palito).
Desenforme e devore :)


Apreciem ;)

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Lasanha de Requeijão com Espinafres e Cenoura


A receita desta lasanha vi num dos grupos da bimby, fiquei logo a babar na altura! É que tem bom aspeto, depois olhamos os ingredientes e parece-nos bem e depois é ver o que há na despensa e comprar o que falta :)
A receita é original da marca da yammi, mas tudo se faz em qualquer outro robot de cozinha... neste caso fiz na bimby. Acrescentei cenoura à receita tal a pessoa que partilhou lá no grupo disse e ficou mesmo muito boa. É uma receita para guardar e repetir ;)
Se não tiverem bimby fazem a receita num tacho, respeito os tempos de cozedura indicados e mexem tudo bem.

Vamos lá à receita:

3 dentes de alho
50g de azeite
750g de espinafres dos congelados (para usar devem de estar totalmente descongelados e escorridos)
250g de cenoura
600g de requeijão
sal e pimenta preta moída a gosto
400 ml de leite
40g de farinha
30g de manteiga
sal, pimenta preta moída e noz moscada a gosto
10 placas de lasanha
150g de queijo ralado

No copo da bimby coloque os dentes de alho e as cenouras em pedaços e pique 10 segundos na velocidade 6. Baixe o que ficou nas paredes com a espátula, pique novamente se achar necessário.
Junte o azeite e refogue 3 minutos, temperatura varoma e velocidade 1.
Adicione os espinafres, tempere com sal e pimenta a gosto e programe 5 minutos, a 100 ºC e na velocidade 1.
Adicione o requeijão e programe 3 minutos, a 100 ºC e na velocidade 2.
Retire a mistura do copo e reserve.
Sem lavar o copo coloque o leite, farinha, manteiga, sal, pimenta e noz moscada no copo e programe 10 minutos, a 90 ºC e na velocidade 1.
Ligue o forno a 180 ºC.
Coloque algumas folhas de lasanha no fundo de um pirex, coloque metade da mistura de espinafres, cubra com folhas de massa e cubra com o resto da mistura. Faça uma última camada de folhas de lasanha, cubra com o molho bechamel preparado e polvilhe com o queijo ralado.
Leve ao forno para gratinar cerca de 20 minutos.

Apreciem ;)

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Bolo Rainha Rápido


Este mês não há um blog escolhido para o desafio mensal no Cantinho das Cozinheiras, há muitos :) é o desafio de Natal e podemos escolher receitas à vontade de uma lista de blogues :)
Para abrir a minha participação neste desafio fiz este bolo rainha rápido que tinha vista no blog da Mary, O Meu Refúgio Culinário. Na altura gostei da ideia e guardei para fazer, agora foi o momento perfeito para experimentar :) foi super rápido de se fazer e ficou bem fofinho, aconselho a experimentarem. Fiquei com vontade de o repetir mas na versão bolo rei.


Mary, obrigada pela receita :) ficou mesmo uma delícia e é tão rápido de se fazer ;)


Vamos lá então à receita que fiz:

350g de farinha
30g de açúcar amarelo
1 pitada de sal fino
2 colheres de chá de fermento em pó (para bolos)
2 iogurtes naturais (usei caseiros - receita)
80g de manteiga derretida
raspa de meia laranja
raspa de meio limão
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de sopa de vinho do porto
300g de frutos secos picados grosseiramente (usei 100g de passas, 100g de nozes e 100g de amêndoa)
ovo batido, açúcar em pó metades de nozes e tiras de laranja cristalizada para decorar

Ligue o forno a 180 ºC.
Numa taça coloque todos os ingredientes secos e misture-os bem.
Adicione os ingredientes molhados e envolva tudo bem para obter uma massa com tudo bem misturado.
Coloque a massa num tabuleiro forrado com papel vegetal, faça um furo ao meio e afaste a massa para fazer o formato do bolo rainha. Pincele com o ovo batido e decore a gosto com as metades de noz, o açúcar em pó e a casca de laranja cristalizada (esta última é opcional, só usei porque tinha, porque gostamos e para ficar mais bonitinho).
Leve ao forno por uns 30 minutos, veja se está cozido com o teste do palito (pode ser preciso ficar mais uns 10 minutos no forno).


Apreciem ;) 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Iogurtes de Bolacha Maria


E sai mais uma receita de iogurtes por aqui, são o lanche que mais consumimos.
A receita vi aqui: http://amigos-da-cozinha.blogspot.com/2015/09/iogurte-de-bolacha.html quando foi partilhada numa página de receitas da Bimby. Fiquei curiosa e decidi experimentar. 
Devo dizer que o sabor é bom mas a textura é muito mole (a mim pareceu-me mais um iogurte líquido!). Ainda tenho de fazer outra vez para ver se ficam melhores, se foi alguma coisa que fiz mal, ou se são mesmo assim... até porque usei leite magro (na receita original fala em meio-gordo mas cá em casa só consumimos o magro ou o vegetal!) e talvez tenha sido por isso que ficaram com textura mais mole.
Fiz a receita na bimby, se não a tiverem triturem a bolacha numa picadora e depois façam o resto num tachinho.

Vamos lá à receita:

80g de bolacha maria
800g de leite
30g de açúcar amarelo
1 iogurte natural (receita)

No copo da bimby coloque as bolachas e triture 10 segundos na velocidade 9.
Adicionar os restantes ingredientes e programar 5 minutos, a 50 ºC na velocidade 3.
Colocar a mistura em copos de vidro e levar à iogurteira por 8 horas (se não tiverem iogurteira, colocam em frasquinhos de vidro, põem-nos num saco térmico e enrolam com uma manta e guardam num local quente por 8 horas).
Retirar da iogurteira e levar ao frigorífico 1 a 2 horas antes de consumir.


Apreciem ;)

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Pataniscas de Bacalhau


Sobras de bacalhau cozido? Ora bem, fazem-se umas pataniscas ;) 
Acho que esta ideia vem mesmo a calhar para a época que se avizinha, certo? 
Esta receita que hoje partilhou foi-me dada por uma amiga que faz sempre umas pataniscas muito boas, não resisti e pedi-lhe a receita :) 
Fiz algumas alterações no que toca a temperos, de resto funciona sempre bem e podem inventar e fazer outras pataniscas ao vosso gosto. Já fiz as pataniscas de courgette usando esta receita... ficaram muito boas (as melhores até agora!) ;)

Vamos lá à receita que fiz:

3 postas de bacalhau cozido
3 ovos
200g de farinha
2 dl de leite
1 cebola pequena bem picadinha
2 dentes de alho esmagados
salsa, tomilho e cebolinho picados a gosto (usei pouco porque a horta anda fraca!)
1 colher de sopa de azeite
sal qb se necessário
pimenta preta moída a gosto
1 colher de chá de fermento em pó
óleo qb para fritar

Comece por desfiar o bacalhau, limpar de todas as peles e espinhas (atenção às espinhas!) e coloque numa taça, junte todos os outros ingredientes e envolva tudo muito bem.
Pode ser necessário adicionar um pouco mais de farinha se a massa estiver líquida ou um pouco mais de farinha se a massa estiver muito seca (isso vai depender do tamanho dos ovos e também do tamanho das postas de bacalhau).
Frite colheres de sopa de massa em óleo quente e delicie-se.
Ou pode colocar colheradas de massa num tabuleiro, congelar e depois guardar para usar mais tarde (neste caso, quando quiser fritar não precisa de deixar descongelar... apenas deve fritar em óleo mediamente quente para que as pataniscas fritem por fora e por dentro).


Apreciem ;)

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Bolo de Claras com Sementes de Papoila (receita Bimby)


Aí há umas semanas tivémos um problema de eletricidade e ficámos algumas horas sem luz, aproveitei a 'dica' para limpar o congelador do frigorífico (já para não falar do stress que foi quando a luz voltou... algumas coisas estragadas porque foi uma descarga elétrica forte devido a um incêndio num poste de alta tensão... enfim!!!).
Descobri umas taças de claras 'perdidas' e tive de lhes dar algum uso, aproveitando esta altura em que não temos muito ovos (as galinhas andam preguiçosas) decidi fazer um bolo de claras. Fiz uma pesquisa rápida e encontrei esta receita aqui: http://docesexperiencias.blogspot.com/2011/04/bolo-de-claras.html
Rende um bolinho médio mas o meu ficou baixinho porque tive receio e usei uma forma muito grande (detesto quando a massa de bolo sai de fora da forma e fica o forno todo sujo!).
Ficou super fofo e macio e muito guloso.
Fiz a receita com a Bimby, quem não tem faz tudo numa batedeira.

Vamos lá então à receita:

10 claras de ovo
200g de açúcar
100g de manteiga amolecida
250g de farinha
2 colheres de sopa de leite
2 colheres de chá de fermento
raspa e sumo de 1 limão
1 colher de sopa de sementes de papoila

Ligue o forno a 180 ºC.
Coloque a borboleta no copo da bimby, junte as claras e bata 6 minutos, a 37 ºC na velocidade 3 e 1/2. Reserve numa taça.
No copo (sem borboleta) coloque a manteiga e o açúcar e bata 4 minutos na velocidade 3.
Junte o leite, a raspa e o sumo de limão, as sementes de papoila, a farinha e o fermento e misture 1 minuto na velocidade 3.
Adicione esta massa às claras em castelo e envolva suavemente à mão usando uma espátula.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno por 35 minutos (veja se o bolo está cozido com o teste do palito).
Deixe arrefecer uns 5 a 10 minutos e desenforme.

Apreciem ;)