sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Broas da Avó (receita Bimby)


Como é 6ª-feira e para entrar em grande no fim de semana (e em dezembro... já!!!) trago umas broinhas :) fiz estas broinhas pela primeira vez, depois de ver muitas partilhas de broas no ínicio de novembro! 
Estas ficaram-me debaixo de olho eheheheh e não me enganei, são muito boas :) e acho que vou fazer delas para oferecer no Natal. 
O que vos parece?
Por cá gostámos muito... aliás, eu então adorei... tanto a textura como o sabor... nham nham
A receita fiz com a bimby e vi aqui: https://asreceitasladecasa.blogspot.com/2012/11/broas-da-avo-receita-bimby.html e segui mais ou menos como está descrito.
Se não têm bimby fazem num tacho e seguem os passos e tempos indicados na receita.

Vamos lá à receita que fiz:

90g de nozes
250g de água
125g de azeite
125g de mel
250g de açúcar amarelo
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de erva-doce em pó
250g de farinha
açúcar branco qb para enrolar

Coloque as nozes no copo e pique 5 segundos na velocidade 4. Reserve.
Colocar a água no copo e programar 3 minutos, a 100 ºC na velocidade 3.
Adicione o azeite, mel, açúcar amarelo, canela, erva-doce e as nozes e programar 5 minutos, a 100 ºC na velocidade 3.
Junte cerca de metade da farinha e programe 5 minutos, a 100 ºC na velocidade 3.
Passado esse tempo juntar a restante farinha e programar novamente 5 minutos, a 100 ºC na velocidade 3.
Retirar a massa do copo e deixar arrefecer.
Ligue o forno a 180 ºC.
Molde bolinhas de massa, coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal e por fim esmague ligeiramente as bolinhas com um garfo. Leve ao forno por 20 minutos.
Retire do forno, deixe amornar e passe-as por açúcar branco.


Apreciem ;)

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Filetes de Pescada à Milanesa com Molho de Espinafres


Esta receita andou a circular lá no Cantinho das Cozinheiras, na altura achei boa mas não tive tempo de a experimentar. Cheguei a comprar os filetes de pescada mas como mudei de cidade para trabalhar, demorei algum tempo para me organizar. Agora que já fiz e aprovámos, partilho convosco :)
Segui a receita que uma das meninas recriou, a Patrícia Elísio do Receitas da Piteca, podem ver o link da receita dela aqui: http://receitasdapiteca.blogspot.com/2018/09/peixe-milanesa-ao-molho-de-espinafre.html
Fiz pequenas alterações: usei pescada, temperei com sumo de limão e fiz o molho bechamel usando a minha receita.
Gostámos muito do resultado, ficou diferente do que habitualmente faço com filetes de pescada e achei que era uma forma de disfarçar o gosto do peixe caso seja para servir a alguém que seja menos fã.

Vamos lá então à receita:

Para o molho bechamel
500 ml de leite
5 colheres de sopa de farinha
1 colher de sopa de manteiga
sal, pimenta moída e noz moscada a gosto

Coloque todos os ingredientes num tacho, leve ao lume e mexa sempre até obter um creme espesso.
Reserve.

Para o peixe e o molho de espinafres
4 filetes de pescada (ou outro peixe)
sumo de meio limão
2 ovos
farinha e pão ralado qb
óleo para fritar
1 cebola
2 dentes de alho
250g de espinafres (usei dos congelados, deixei descongelar completamente e escorri bem a água)
sal e azeite a gosto
100g de queijo ralado

Comece por temperar os filetes de pescada com sal dos dois lados e com sumo de limão-
Passe-os por farinha, ovo batido e por fim no pão ralado.
Frite até obter uns panados bem douradinhos, escorra sobre papel absorvente e coloque num pirex.
Para preparar o molho de espinafres coloque a cebola picada numa frigideira, junte os alhos picados e um fio de azeite e leve ao lume para refogar até a cebola estar translúcida.
Adicione os espinafres e tempere com sal a gosto, mexa tudo e deixe cozinhar por uns 5 minutos (mexa de vez em quando).
Adicione o molho bechamel preparado e prove para ver se precisa de retificar os temperos.

Coloque metade do queijo ralado sobre os filetes de peixe panados, cubra com o molho de espinafres e volte a polvilhar com o restante queijo ralado.
Leve ao forno para gratinar (uns 5 a 10 minutos a 180ºC).
Sirva com arroz, salada, batata frita (é a sugestão original), puré de batata, etc...


Apreciem ;) 

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Barritas de Pequeno Almoço (receita adaptada da Nigella Lawson)


Vi a Nigella Lawson fazer estas barritas num dos seus vídeos (não me recordo qual episódio!) e achei que era uma boa ideia para os lanches. Fui pesquisar no google e encontrei a receita completa aqui:

Não fiz a receita tal e qual como está no original pois não tinha as sementes todas necessárias, no entanto, tinha muitas outras sementes e fiz a substituição ;) 
Para dar o formato às barritas usei a M-Press da Tupperware (adoro!!!) mas se não a tiverem podem colocar a massa feita num tabuleiro retangular ou quadrado, levar a cozer ao forno e depois cortar em barritas... foi assim que a Nigella fez no vídeo ;) 

As barritas ficaram muito boas, super saborosas e gulosas.

Vamos lá então à receita que fiz (rendeu 16 barritas)

250g de tâmaras medjool (ou outro tipo de tâmaras se preferirem)
2 colheres de chá de canela em pó
325 ml de água
75g de bagas de goji
50g de sementes de sésamo
100g de sementes de linhaça castanha
50g de pepitas de chocolate negro
25g de sementes de chia
50g de corn flakes
100g de flocos de aveia (usei dos finos)

Ligue o forno a 180 ºC.
Num tachinho coloque as tâmaras picadas, a canela e a água e leve ao lume. Deixe ferver por 5 minutos, retire do lume e esmague as tâmaras com um garfo para obter uma espécie de puré.
Coloque todos os outros ingredientes numa taça, adicione o puré de tâmaras e misture tudo muito bem (à mão com uma colher de pau).
Para formar as barritas coloque a massa na M-Press com o molde próprio e pressione para obter as barritas, corte do tamanho desejado e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal. Leve ao forno por 30 minutos.
Se não tiver a M-Press, coloque a massa num tabuleiro retangular ou quadrado forrado com papel vegetal, espalhe bem a massa e leve ao forno por 30 minutos. Retire do forno, deixe arrefecer e depois corte em barritas.
Para conservar as barritas embrulhe em folha de alumínio e guarde no frigorífico ou então congele (deixei 4 no frigorífico e congelei as outras, quando quero retire e deixo descongelar à temperatura ambiente e ficam muito boas).


Apreciem ;) 

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Arroz Doce com Leite Creme


Ora sai um arroz doce :) alguém é servido?
Por aqui fazemos arroz doce várias ao longo do ano, todos gostam. Além do mais aproxima-se a época natalícia e nos dias 24 e 25 de dezembro não se consegue comer tudo! Por isso vamos fazendo uns docinhos para matar o gosto eheheh


Ora esta receita é bem simples e fica muito boa :) foi a primeira vez que fiz com leite creme e ainda estou curiosa para experimentar com pudim tipo boca dice (não sei bem com que sabor, mas ainda quero experimentar!).

Vamos lá então à receita que fiz:

4 copos de água
1 pau de canela
1 casca de limão
2 copos de arroz carlino
5 copos de leite meio gordo
1 saqueta de leite creme
2 copos de açúcar (cortei no açúcar, usei apenas 1 e meio)
Canela em pó a gosto para polvilhar

Num tacho coloque a água, o pau de canela e a casca de limão, leve ao lume e quando levantar fervura junte o arroz. Mexa e deixe cozinhar até a água  secar.
Dissolva o leite creme no leite, junte ao arroz e mexa de vez em quando para não deixar agarrar ao fundo do tacho.
Quando o arroz estiver cozido (uns 5 a 10 minutos depois de juntar o leite), adicione o açúcar e mexa para dissolver bem.
Retire do lume, despeje para a taça de servir (ou em taças individuais) deixe arrefecer um pouco e polvilhe com canela em pó a gosto.


Apreciem ;)

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Bolo de Baunilha Amanteigado


Por aqui tem de haver sempre bolinho todas as semanas :) por isso estou sempre à procura de receitas novas e diferentes - se tiverem alguma que queiram partilhar, por favor deixem nos comentários ou enviem por email :) fico-vos muito agradecida :) 


Ficou um bolinho médio para pequeno (apesar de levar seis ovos, leva pouca farinha e não cresce muito), muito saboroso e apetitoso :)

Cá vai a receita:

170g de manteiga à temperatura ambiente
170g de açúcar aromatizado com baunilha (uso este, podem usar açúcar normal e 1 colher de sopa de extrato de baunilha)
6 ovos
3 colheres de sopa de sumo de limão
170g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Ligue o forno a 180 ºC.
Separe as claras das gemas, numa taça coloque as claras e bata até estarem em castelo e reserve.
Numa taça coloque a manteiga e o açúcar e bata por uns 5 minutos até estar esbranquiçado e fofo.
Adicione as gemas, uma a uma e bata para misturar bem e obter um creme fofo.
Adicione a farinha, o fermento e o sumo de limão e envolva.
Junte as claras em castelo, metade de cada vez, e misture de forma delicada.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve a cozer por uns 40 minutos (veja se o bolo está cozido com o teste do palito).
Retire do forno, deixe repousar uns 10 minutos e depois desenforme... e devore :)


Apreciem ;)

domingo, 25 de novembro de 2018

Aletria de Côco e Especiarias


Ora cá estamos para mais um dia 25 :) é dia de receita do desafio mensal do grupo Cantinho das Cozinheiras :) e este mês o blog escolhido foi o Bimbexpress da Alexandra Abrantes, um blog cheio de receitas boas e fotos bonitas (e receitas que dão para fazer na Bimby ou no tacho).



Ora depois de dar uma bela vista de olhos pelo blog da Alexandra cruzei-me com esta receita de aletria de côco e especiarias... foi amor à primeira vista: antes de fazer já sabia que íamos gostar :) 
Aproveitando que falta um mesito para o Natal nas nossas casa, começo a já a deixar-vos esta aletria como sugestão para a ceia de dia 24 ;)
Segui a receita à risca e fiz a dobrar... somos gulosos e achei que uma receita ia dar pouco... e ainda bem que fiz em dobro porque adorámos!!! Para além dos sabores que são ótimos e combinam na perfeição, a aletria ficou bem cremosa... huummmmmm

Cá vai a receita:

350 ml de leite (usei magro)
200 ml de leite de côco (usei o de lata)
75g de açúcar
1 pau de canela
1 estrela de anis
2 bagas de cardamomo (ligeiramente abertas)
1 colher de chá de manteiga
75g de aletria
10g de côco ralado
1 colher de sopa de açúcar baunilhado (usei este que faço em casa)
canela em pó a gosto para polvilhar

Num tacho coloque o leite, o leite de côco, o açúcar, a manteiga e as especiarias. Leve ao lume para levantar fervura.
Adicione a aletria partida, mexa e deixe ferver por mais 5 minutos e mexa para a massa não agarrar ao fundo.
Retire do lume, adicione o côco ralado e o açúcar baunilhado, envolva bem e coloque numa taça ou prato de servir.
Polvilhe com canela em pó e devora... e seja feliz porque esta receita é muito boa ;)


Apreciem ;)

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Costas com recheio de Brigadeiro de Chocolate


Cá por casa adoramos este doce típico do Alentejo, por isso foi de forma natural que adaptei uma receita que me deram para fazer na Bimby :) já fiz as costas simples, sem qualquer recheio, fiz também costas com gila (a preferida de todos cá em casa) mas não podia deixar de experimentar esta versão que fica também muito gulosa e boa ehehehe
Para recheio usei a receita de brigadeiro do livro base da Bimby, apesar de não ser a minha receita preferida de brigadeiro acho que assim como recheio das costas ficou bom ;) este recheio tem de ser preparado antes da massa das costas pois deve ir ao frigorífico para ficar mais fácil de colocar na massa.
Caso queiram fazer receita e não tenham Bimby é só seguirem as indicações de tempos da receita e fazerem o brigadeiro num tachinho e a massa das costas num alguidar, amassando à mão e deixar levedar bem.

Cá vai a receita (rende entre 10 a 12 costas dependendo do tamanho que as fazem, caso o recheio não chegue faça costas simples com a massa que sobrar):

Recheio de brigadeiro
1 lata de leite condensado
50g de chocolate em pó
20g de manteiga

Coloque todos os ingredientes no copo e programe 28 minutos, a 100 ºC na velocidade 4.
Retire a massa do copo, deixe arrefecer e leve ao frigorífico por duas horas (ou mais).

Massa das costas
Massa de Pão (livro base da bimby)
250g de leite
25g de margarina
5g de sal
10g de açúcar
5g de levedura seca (ou 10g de fermento de padeiro fresco)
500g de farinha sem fermento

No copo da bimby coloque o leite, margarina, açúcar, sal e fermento e programe 1 minuto e 30 segundos a 37 ºC na velocidade 2.
Adicionar a farinha e programar 2 minutos na velocidade espiga.

Para a massa das Costas
1 receita de massa de pão
50g de açúcar amarelo
50g de gorduras derretidas (usei 25g de azeite e 25g de banha de porco)
raspa de meio limão
1 colher de chá de canela em pó
brigadeiro de chocolate qb

Com a massa de pão ainda no copo da bimby adicionar todos os restantes ingredientes e programar 2 minutos na velocidade espiga para amassar e  envolver bem os ingredientes.
Deixar levedar por 1 hora.
Molde bolinhas de massa, recheie com brigadeiro de chocolate a gosto e molde uma costa em formato de paposseco (ou seja, com duas pontas bicudas), coloque numa tabuleiro enfarinhado (deixe espaço entre cada costa porque ainda vão crescer) e leve ao forno para cozer a 175 ºC por mais ou menos uns 15/20 minutos.

Agora devorem e sejam felizes :) 
PS: podem embrulhar em folha de alumínio e congelar.


Apreciem ;)

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Pão de Iogurte (Receita Bimby adaptada)


Pois bem, vi esta receita no livro Receitas Essenciais da Bimby e marquei para experimentar. NO entanto, não vi que não tinha em casa farinha de centeio... nem sequer farinha integral! Ai a minha cabeça! Mas queria fazer mesmo este pão... por isso usei aveia e linhaça para substituir a farinha de centeio que pedia na receita original... e não é que correu bem? :)
O pão ficou  saboroso e é saudável gente :)
Se quiserem fazer a receita original retirem a aveia e a linhaça e usem igual quantidade de farinha de centeio ;) ah e caso não tenham Bimby façam a receita amassando mesmo à mão (afinal o importante é só misturar bem os ingredientes e deixar levedar).

Vamos lá à receita:

150g de flocos de aveia
50g de sementes de linhaça
2 iogurtes naturais à temperatura ambiente (receita)
150g de água
1 saqueta de levedura seca em pó (pacote de 7g)
2 colheres de chá de açúcar
1 colher de chá de sal
200g de farinha

Comece por colocar no copo a aveia e as sementes de linhaça, triture 15 segundos na velocidade 7 e reserve.
No copo coloque a levedura, a água, os iogurtes e o açúcar e programe 2 minutos, a 37 ºC na velocidade 2.
Junte as farinhas e o sal e programe 2 minutos na velocidade espiga para amassar.
Coloque a massa numa forma de bolo inglês (das compridas) untada com azeite, tape e deixe levedar por 1 hora num local quentinho.
Leve a cozer a 180º C por 40 minutos.
Retire do forno e desenforme... agora é só atacar ainda quentinho e com uma noz de manteiga hummmm

Apreciem ;) 

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Queijinhos de Amêndoa com Recheio de Doce de Ovos


Mais uma receita tipicamente algarvia :) e que anda aqui perdida para partilhar convosco há muito tempo!!! A receita vi num livrinho de coleção da revista Activa "O melhor da doçaria regional portuguesa - Algarve", experimentei aí há uns anos atrás (muitos!) e desde então tem sido a 'loucura' eheheheh todos gostam e devoram... é doce, pois então!
A quantidade de queijinhos que vão obter ao fazer esta receita depende do tamanho que conseguirem moldar para pôr recheio, por isso não vou indicar a quantidade. Outra nota é que podem fazer estes docinhos apenas com a massa de amêndoa e não colocar recheio (até podem mudar o recheio, por exemplo com fios de ovos ou doce de gila também deve ficar bom).

Vamos lá à receita maravilhosa:

300g de miolo de amêndoa crua e pelada (ver aqui como pelar amêndoas)
250g de açúcar
1,5 dl de água
doce de ovos qb (receita)
açúcar branco para enrolar qb
drageias prateadas para enfeitar (opcional)

Comece por triturar muito bem a amêndoa até obter uma espécie de farinha bem fininha. Reserve.
Coloque o açúcar com a água num tacho e leve ao lume, deixe levantar fervura para que o açúcar dissolva completamente.
Adicione a amêndoa moída, reduza o lume e vá mexendo para cozinhar a massa por uns 10 minutos (até fazer o conhecido ponto de estrada).
Retire do lume e deixe arrefecer completamente.
Faça bolinhas (como se fosse fazer biscoitos), abra a massa espalmando-as nas mãos e coloque uma colher de chá de doce de ovos ao meio, feche a massa ajeitando e espalmando para fazer uma espécie de queijinho.
Passe no açúcar branco e decore com uma pérola prateada ao centro.

Podem fazer estes docinhos para oferecer agora no Natal ;) é sempre uma boa prenda e deixam, de certeza, alguém feliz :)

Apreciem ;)

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Bife de Perú com Mostarda e Crosta de Corn Flakes (receita de Nigella Lawson)



Vi no youtube um vídeo desta receita feita pela Nigella Lawson, fiquei logo com vontade de experimentar. Não só pela simplicidade da receita como pelos temperos que adoro e pela novidade de usar uma crosta de corn flakes (fica tão estaladiça e saborosa!!!).
Podem usar qualquer tipo de bife 0ara fazer esta receita, desde bifanas de porco a bife de vitela ou de peito de frango. Fica ao vosso gosto, agora que vale a pena fazer lá isso vale ;)

Vamos lá à receita de que fiz:

400g de bifes de perú
Sumo de 1 limão
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de mostarda dijon (podem usar 3 se acharem que é pouco)
Sal e pimenta preta moída  a gosto
3 chávenas de chá de corn flakes
Óleo qb para fritar

Colocar os bifes num alguidar, juntar o sumo de limão, os alhos moídos  (usei o esmagador), a mostarda, o sal e a pimenta. Envolva tudo muito bem mesmo com as mãos e deixe marinar por 30 minutos no mínimo.
Coloque os corn flakes numa taça, esmage-os grosseiramente (pode ser mesmo à mão pois foi o que a Nigella fez no video, eu fiz com o fundo de um copo).
Pane os bifes nos corn flakes e vá colocando numa tábua.
Quando terminar de panar, frite em óleo quente mas em lume médio para não queimar.
Escorra sobre papel de cozinha e depois devore e delicie-se acompanhando com massa ou arroz e legumes a gosto (ou com uma saladinha).


Aprecie  ;)

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Bolo da Saudade


A receita deste bolinha foi-me dada pela minha mãe à pouco tempo :) ela pediu logo para experimentar (gulosa!) e lá lhe fiz a vontade eheheheh
Fica um bolo húmido e pequeno, tendo usado uma forma de 20 cm para o fazer (no entanto penso que podem fazer numa forma ainda mais pequena e obter um bolo mais alto).
Ficou uma delícia (nem imaginam o cheirinho deste bolo a cozer no forno - divinal!!!) e já me disseram que tenho de o fazer para o Natal e até fiquei de olho neste bolo para oferecer na época que se avizinha ;) 

Vamos lá à receita desta maravilha:

250g de açúcar
250g de frutas cristalizadas em cubinhos
250g de amêndoa pelada e moída
1 colher de sopa de farinha
1 colher de sopa de manteiga
4 ovos

Ligue o forno a 180 °C.
Numa taça coloque os ovos, manteiga e açúcar e bata com uma colher de pau para dissolver o açúcar.
Junte os restantes ingredientes e envolva bem.
Forre uma forma de 20 cm com papel vegetal e unte o papel com um pouco de manteiga (podem usar uma forma mais pequena e obtêm um bolo mais alto), verta a massa e leve ao forno até estar tostadinho e duro à superfície  (foi mais ou menos 40 minutos - depende do forno... o meu ficou húmido por dentro e tostadinho por fora, se quiserem mais cozido deixem mais uns 10 a 15 minutos).
Retire do forno e deixe arrefecer completamente antes de desenformar.


Apreciem ;)

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Panqueca de Banana e Ovo (só 2 ingredientes!)


Um destes dias vi um vídeo onde se mostrava a feitura de uma panqueca com dois ingredientes... sim, só dois!!! Não leva farinha e o pouquito de gordura que leva na frigideira não conta pois é só para quem não tem uma boa frigideira anti-aderente (que é o meu caso!).
A receita vi num vídeo da Vanessa Lino (podem ver aqui o vídeo e seguir o canal): 
Vi, fiquei com água na boca e curiosa para experimentar... e lá fui fazer :)
Esta panqueca é tão simples e tão, mas tão, boa que nem parece possível. Comi simples mas com canela e um pequeno fio de mel é uma delícia. Podem também comer com iogurte e fruta ou outra qualquer combinação ao vosso gosto.

Vamos lá à receita super-hiper-mega simples:

1 ovo
1 banana pequena madura
óleo de côco ou azeite só para untar a frigideira

Esmagar a banana muito bem com um garfo até obter um puré.
Numa taça colocar o ovo e bater bem com o grafo, adicionar depois a banana esmagada e envolver bem.
Colocar uma frigideira anti-aderente pequena (a minha tem mais ou menos 14 cm de diâmetro) ao fogo e untar ao de leve com óleo de côco.
Assim que a frigideira estiver bem quente coloque a massa (juntei tudo de uma vez para fazer uma panqueca, podem fazer duas panquecas mais pequenas), deixar fritar 3 a 4 minutos e depois virar com cuidado porque se pode partir com facilidade.
Deixar cozinhar 2 minutos e retirar e devorar :)


Apreciem ;) 

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Bolo de Café e Mel


Esta receita já a tenho guardada desde o final de julho!!! Fiz o bolo para concorrer num passatempo da Mokambo e depois deixei passar a data limite do passatempo... só eu!!!
A receita deste belo bolinho vi aqui: https://www.saborintenso.com/f23/bolo-cafe-mel-32547/
Segui à risca e só me esqueci foi de fotografar a fatia... as fotos também não foram as melhores, mas o bolinho ficou bem saboroso e fofinho ;)

Aqui vai a receita feita:

3 ovos grandes (ou 4 médios)
160g de açúcar amarelo
125 ml de mel
80 ml de azeite
200 ml de café forte e morno (usei 200 ml de água morna com 4 colheres de sopa de café solúvel)
370g de farinha com fermento
1 colher de chá de canela em pó

Ligue o forno a 180 ºC.
Separe as gemas das claras, reserve as gemas e bata as claras em castelo e reserve-as.
Numa taça coloque as gemas e o açúcar e bata por uns 5 minutos até obter uma gemada bem fofa e esbranquiçada.
Adicione o azeite, a canela e o mel e envolva bem.
Alterne a farinha com o café e envolva tudo bem na mistura.
Envolva delicadamente as claras em castelo.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno por 35 minutos (veja se o bolo está cozido com o teste do palito).
Deixe arrefecer uns 10 minutos antes de desenformar para evitar que o bolo se parta.


Apreciem ;)

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Biscoitos de Alfarroba e Aveia


Gosto de ter sempre umas coisitas saudáveis para os snacks de lanches da manhã e da tarde (e às vezes para comer de sobremesa depois do almoço eheheh). E assim que vi estes biscoitinhos guardei logo a receita para experimentar. 
A receita vi no blog Creme de Avelãs (cheio de coisas saudáveis) e podem ver a receita original aqui: 
A receita leva apenas um pouco de mel para adoçar (a farinha de alfarroba já é docinha) e tem poucos ingredientes, o que a torno super fácil de fazer ;)

Vamos lá à receita:

1 ovo
2 colheres de sopa de mel
2 colheres de sopa de óleo de côco derretido (ou azeite)
50g de farinha de aveia (simplesmente trituro os flocos de aveia)
20g de farinha de alfarroba
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de fermento em pó

Ligar o forno a 180 ºC.
Numa taça colocar todos os ingredientes e misturar até obter uma massa homogénea.
Forrar um tabuleiro com papel vegetal e colocar colheres de sopa de massa com alguns centímetros de intervalo (podem tentar dar uma forma mais redonda e lisa aos biscoitos - deixei-os ficar mesmo assim toscos!) e levar ao forno por uns 10 minutos (acho que deixei um pouco mais mas achei que ficaram um pouco secos, por isso o melhor é ver como estão ao fim de 10 minutos dentro do forno).


Apreciem ;)

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Pudim de Ovos no Tacho (não vai ao forno)


Fiz a minha receita de sempre mas a ideia para cozer o pudim de ovos no tacho vi neste vídeo (aliás quem viu foi a minha mãe que agora também gosta de ver os seus vídeos no youtube... ensinei-lhe como ir lá ver e ela agora não quer mais nada!!!): https://www.youtube.com/watch?v=56A4xS2uJCM

Achei a ideia de cozer o pudim no tacho muito boa, muitas vezes temos o forno ocupado ou há quem tenha dificuldade em cozer coisas no forno em banho-maria. Assim no tacho é mais fácil ;)

Vamos lá à receita que fiz (usei uma chávena almoçadeira de 500 ml):

1 chávena de ovos
1 chávena de leite (usei meio gordo)
1 chávena de açúcar (usei apenas 3/4 da chávena)
caramelo qb (ver aqui como fazer)

Coloque uma panela com 1 L de água e sumo de meio limão (serve para evitar que a forma de pudim fique escura) ao lume e tape.
Numa taça colocar os ovos e o açúcar e bater em velocidade baixa (ou à mão com uma vara de arames) por uns 5 minutos.
Juntar o leite e envolver tudo muito bem.
Unte uma forma de pudim que tenha tampa de forma bem generosa com caramelo.
Verta o preparado para a forma (passe a mistura por um coador para evitar que passe espuma para dentro da forma), coloque uma folha de papel de cozinha sobre a forma e tape com a tampa.
Coloque na panela que está ao lume e deixe ficar em lume médio, quando começar a ferver marque 30 minutos.
Decorrido este tempo, retire o pudim da panela e deixe arrefecer completamente. Guarde no frigorífico por algumas horas para ganhar consistência.
Para desenformar descole as laterais e a parte central do pudim, coloque o prato de servir sobre a forma e vire (à partida o pudim vai cair).


Apreciem ;)

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Bacalhau à Comadre


A receita vi numa partilha do facebook, segui o link e vi a receita aqui:
http://receitasmfaceis.info/bacalhau-a-comadre/
Depois de ter feito a receita e guardado o link é que me apercebi que a receita é da blogger Elvira Bistrot (apesar de só ter conhecimento de quem era e do seu blog  após o seu falecimento em setembro, visitei já o seu blog e vi que tem receitas muito boas).

Fiz esta receita no tacho e o molho bechamel fiz na bimby. Dá para fazer a receita toda no tacho ou toda na bimby... por aqui não estava com muito tempo, por isso enquanto a bimby fez o molho eu fiz a parte dos legumes e bacalhau no tacho. Deixo as indicações para fazerem a receita no tacho ;)

Cá vai a receita:

600g de migas de bacalhau demolhadas (comprei das congeladas no Lidl)
400g de batata palha
3 cenouras raladas
2 alhos franceses em rodelas finas
1 cebola picada finamente
800 ml de leite
80g de farinha
1 colher de sopa de manteiga
Azeite, sal, pimenta preta moída e noz moscada a gosto
40g de queijo ralado

Num tacho colocar um fio de azeite, a cebola, o alho francês e a cenoura e levar ao lume para refogar uns 5 minutos e mexendo.
Adicionar o bacalhau e deixar refogar mais uns 5 minutos mexendo.
Retirar o preparado para um pirex, juntar a batata palha e envolver bem. Reserve.
Para preparar o bechamel colocar o leite, farinha, manteiga e temperos num tacho e mexer bem. Levar ao lume mexendo sempre até a mistura engrossar (mais ou menos uns 10 minutos).
Ligue o forno a 200 °C.
Misturar dois terços do molho bechamel no bacalhau com a batata palha e envolver bem.
Regar o bacalhau com o restante molho, polvilhar com o queijo e levar ao forno para tostar por cima.
Sirva com uma salada.

Apreciem ;) 

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Torta de Laranja (receita Bimby)


Decidi experimentar pela primeira vez a torta de laranja da Bimby (esta no livro de receitas essenciais), é sempre tão falada e partilha nas redes sociais que lá me convenci a fazer :)
O resultado não poderia ser melhor: uma belíssima torta, rápida de se fazer, com poucos ingredientes e que fica super húmida!
Fiz na Bimby mas podem fazer num liquidificador, numa batedeira ou até bater à mão  (só têm é de ralar a casca de laranja num ralador ou numa picadora).

Cá vai a receita:

400g de açúcar branco
Casca de 1 laranja (só a parte laranja)
150g de sumo de laranja
8 ovos
40g de amido de milho
60g de manteiga à temperatura ambiente

Ligue o forno a 180 °C.
No copo da Bimby coloque o açúcar e a casca de laranja e triture por 6 segundos na velocidade 7.
Adicione os restantes ingredientes e triture 30 segundos na velocidade 4.
Verta o preparado para um tabuleiro de 35x25 cm forrado com papel vegetal (untei um pouco do papel vegetal com manteiga) e leve ao forno por 20 minutos - se achar que a mistura ainda está muito mole depois deste tempo deixe mais uns 5 ou 10 minutos no forno.
Desenforme ainda quente sobre um pano limpo e polvilhado com açúcar e enrole para formar a torta (aperte bem para ficar bonita), coloque numa travessa e leve ao frigorífico para ganhar consistência e arrefecer completamente (umas 2 a 3 horas).
Desenrole do pano e coloque numa travessa de servir e decore a gosto.


Apreciem ;)

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Bruschetta Caprese


Ora aqui está uma coisa simples, rápida de se fazer e super deliciosa :) tenho feito este tipo de bruschetta algumas vezes para o almoço... sim, para o almoço!!! Porque a refeição é aquilo que nos apetece e se me apetece, olhem, faço e delicio-me :) 

Vou aqui partilhar como fiz esta bruschetta da foto, podem depois alterar os temperos e mudar também o queijo (com queijo de cabra ou queijo brie também ficam uma delícia... já experimentei eheheheh) e ainda acrescentar outras coisitas, como por exemplo azeitonas, ervas aromáticas frescas e ainda orégãos.

Vamos lá à receita:

3 fatias de pão médias (de preferência caseiro)
1 dente de alho
2 tomates 
6 mini queijos mozzarella a gosto (usei dos minis mas podem usar o grande em fatias)
azeite, sal e manjericão seco a gosto

Descasque o alho, com um esmagador reduza-o a puré (caso não tenha, pique o mais finamente possível), esfregue bem o alho pelas fatias de pão.
Coloque o pão num tabuleiro de ir ao forno, regue com um fio de azeite e leve ao forno a 180 ºC por uns 10 a 15 minutos para o pão tostar levemente (pode também torrar o pão e depois fazer a parte do alho e do azeite).
Corte os tomates em rodelas e os queijinhos ao meio. Disponha as rodelas de tomate no pão, cubra com as metades do queijo e leve novamente ao forno para o queijo derreter.
Tempere com um pouco de sal e manjericão a gosto (se for preciso regue com mais um fio de azeite) e agora delicie-se :)

Apreciem ;)

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Bolo de Marmelo



A receita para este bolinho vi numa partilha no grupo de facebook Bimby Sem Limites, fiquei com vontade de experimentar até porque é um bolo feito com fruta da época... e porque nunca tinha ouvido falar em bolo de marmelo!!! Podem ver o a receita original aqui:

Fiz a receita na bimby tal como vi na partilha feita, no entanto, podem fazer o bolo na batedeira ou no liquidificado. Apenas precisam é de triturar muito bem o marmelo, de resto podem fazer a massa do bolo em qualquer aparelho (ou até bater à mão).

Cá vai a receita:

350g de marmelo limpo sem caroços e casca
sumo e casca de meio limão
200g de açúcar amarelo
120g de óleo
5 ovos
300g de farinha (usei da com fermento)
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Ligue o forno a 180 ºC.
Comece por preparar os marmelos, à medida que os vai cortando e limpando coloque dentro de água para evitar oxidar.
No copo da bimby coloque os marmelos, a casca e sumo de meio limão e triture 10 segundos na velocidade 7. Baixe o que ficou nas paredes e volte a triturar. Reserve.
Colocar a borboleta no copo, juntar os ovos, o açúcar e o óleo e bater por 5 minutos, a 37 ºC na velocidade 3.
Adicionar a farinha, o fermento, o bicarbonato de sódio e os marmelos reservados e misturar 15 segundos na velocidade 3.
Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada e leve ao forno por uns 35 minutos (veja se o bolo está cozido com o teste do palito).
Retire do forno, desenforme e decore a gosto... depois devore :) 


Apreciem ;)

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Croquetes de Espinafres (receita Bimby)


Assim que vi a receita destes croquetes no livro A Bimby Faz anotei logo para experimentar. Depois de ter comprado a M-Press da Tupperware decidi que tinha de fazer estes croquetes para experimentar a maquineta :) não sei se acompanham as promoções da Tupperware mas a M-Press esteve quase a metade do preço (de 38€ passou a 18,90€!!!), eu que já andava de olho na máquina ora tive logo de aproveitar eheheheh
Já fiz churros com a M-Press e correu muito bem e agora experimentei os croquetes e só posso falar deste aparelho ;)


A receita fiz na Bimby e adaptei um pouco pois achei que a massa estava muito mole, aqui vou partilhar as adaptações que fiz. Se não tiverem Bimby ou outro robot de cozinha semelhante, façam a receita no tacho e seguem os tempos indicados na receita (até acho que no tacho a massa ficará mais sequinha e será mais rápido de obter o ponto certo).

Vamos lá à receita (que me rendeu 40 croquetes):

35g de azeite
3 dentes de alho
500g de espinafres descongelados (e bem escorridos)
150g de leite
140g de farinha
1 colher de chá de sal
pimenta preta moída e noz moscada a gosto
100g de queijo tipo grego esfarelado (ou queijo feta como diz na receita original)
2 ovos batidos para panar
farinha e pão ralado para panar

No copo da bimby coloque o azeite e o alho e pique 3 segundos na velocidade 8. Depois refogue 3 minutos, na varoma e na velocidade 1.
Adicione os espinafres e salteie 7 minutos, na varoma e na velocidade 1.
Adicione o leite, a farinha e os temperos e triture tudo 5 segundos na velocidade 7. Depois cozinhe 8 minutos, a 90 ºC na velocidade 4.
Adicione o queijo e envolva tudo 5 segundos na velocidade 5.
Retire a massa para um recipiente, deixe arrefecer um pouco e leve ao frigorífico até a massa estar mais rija e que seja possível moldar os croquetes.
Para fazer os croquetes usei a M-Press da Tupperware, se não tive então molde rolinhos de massa com as mãos enfarinhadas para formar os croquetes.
Coloque num tabuleiro e leve ao congelador por umas horas para ser mais fácil de panar.
Para panar passe os croquetes por farinha, ovo batido e depois pão ralado e volte a congelar.
Depois pode colocar em sacos e ter sempre à mão no congelador ou pode logo fritar em óleo médio. Para fritar aconselho primeiro a passar os croquetes por farinha para evitar que estes abram (faço sempre isto, seja com croquetes ou pasteis de bacalhau feitos em casa ou de compra!).


Apreciem ;)

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Iogurtes Fingidos de Gelatina (receita Bimby)



Fiz estes "iogurtes" uma primeira vez com gelatina 0% de açúcar da Royal de Frutos Tropicais... e, tanto como a minha, ficámos viciadas!!! Agora não queremos mais nada :) já experimentei com gelatina de kiwi também 0% de açúcares da Condi e ficaram muitos bons. Mas estes da foto foram feitos a gelatina de Piña Colada da Condi, uma edição limitada do verão e que tinha ficado o pacote aqui esquecido na despensa... foi a melhor versão que fiz até hoje :) di-vi-nal!!!


Caso não conheçam, aqui vos deixo uma foto das gelatinas edição limitada da Condi que vi este verão (não encontrei a de mojito mas sei que também houve):


A receita é da bimby e vi aqui: https://bimbyworld.com/iogurtes-de-gelatina.bimby
Caso não tenham bimby e queram fazer este belos iogurtes fingidos (e acho que devem fazer!), façam tudo num tacho e respeitem o tempo indicado na receita e mexendo sempre. Uma das vantagens desta receita é que não precisam de ter iogurteira... já que são uns falsos iogurtes, não há a parte da fermentação ;) 


Vamos lá à receita:

1 iogurte natural (receita)
1 L de leite
1 caixa de gelatina (2 saquetas se for normal e 1 saqueta se for da light/sem açúcares)

No copo da bimby colocar todos os ingredientes e programar 5 minutos, a 50º C na velocidade 3.
Colocar em copinhos ou frasquinhos de vidro, fecha e levar ao frigorífico até solidificar (às vezes ficam com duas divisões no frasco: uma parte mais clara em cima - tipo só gelatina - e outra parte mais esbranquiçada do leite em baixo).


Apreciem ;)

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Granola de Abóbora e Especiarias


Hoje sai daqui uma bela granola, diferente e mais saudável do que as habituais pois como leva puré de abóbora não foi preciso adicionar muito mel para dar o ponto e agregar os flocos e as sementes. No entanto, coloquei um pouco de mel porque achei que fazia falta, se quiserem fazer sem mel de certeza que vai ficar boa na mesma ;) 

A receita é super simples e rende um frasco grande bem cheio:

1 chávena de chá de puré de abóbora cozida (bem escorrida)
3 chávenas de chá de flocos de aveia (usei dos mais finos)
1/2 chávena de chá de sementes de abóbora 
1/4 chávena de chá de óleo de côco derretido (pode ser azeite)
1/4 chávena de chá de mel
2 colheres de sopa de sementes de papoila
2 colheres de chá de canela em pó
1 colher de chá de gengibre em pó
1 colher de café de noz moscada
1/2 de chávena de chá de mix de frutos secos (daqueles com passas, nozes, amêndoas, etc... comprei no aldi)

Ligue o forno a 180 °C (pode reduzir a temperatura se o seu forno for muito forte).
Num tabuleiro de metal (ou num pirex) coloque todos o puré de abóbora, os flocos de aveia, os condimentos, o mel e o óleo de côco e misture tudo muito bem à mão para envolver bem os temperos.
Leve ao forno e ao fim de 30 minutos mexa tudo com uma colher de pau ou grafo de pau (é mesmo para revolver bem a mistura) para que a granola toste por igual.
Adicione as sementes de abóbora, de papoila e o mix de frutos secos, envolvendo bem na mistura.
Depois disto vá mexendo de 15 em 15 minutos até obter a crocância que mais gosta, só deve de ter cuidado para não deixar queimar os flocos e as sementes.
Retire do forno, deixe arrefecer completamente e depois coloque num frasco que feche bem para manter a granola crocante.


Apreciem ;)