quinta-feira, 6 de julho de 2017

Serradura


Ora aqui está uma sobremesa da qual nunca tinha ouvido falar!!! A sério!!!

Um dia uma amiga vira-se para mim: "Olha, sabes fazer serradura?"
E eu respondo: "Hã??!!"

Então alguém lá me explicou que serradura é tipo tarte de natas mas em camadas... depois vim à net ver bem e realmente encontrei essa descrição!
Encontrei tantas versões que até fiquei confusa: umas levam a bolacha maria picada dentro da mistura de natas e leite condensado, outras são em camadas sem misturar a bolacha maria no creme.
Acabei por fazer esta última versão mas não sei se é a mais correta... ainda hei-de fazer da outra forma e ver qual sai melhor ;)

Resumindo, foi uma sobremesa aprovada pelos gulosos cá de casa :) eu achei que ficou muito doce, acho que devia de levar mais natas para cortar o doce ou então menos leite condensado!

Então vamos lá à receita que fiz:

400 ml (2 pacotes) de natas frias (devem estar pelo menos 24 horas no frigorífico)
1 lata de leite condensado
200 g (1 pacote) de bolacha maria picada
sumo de meio limão (opcional)

Na taça da batedeira coloque as natas e bata numa velocidade média por uns 2 minutos.
Adicione o sumo de limão (é opcional: uso porque ajuda a dar ponto mais firme nas natas) e aumente a velocidade da batedeira. Bata até as natas estarem bem firmes.
Reduza a velocidade da batedeira para o mínimo e acrescente o leite condensado. Deixe bater por 1 minuto.
Envolva com uma espátula para ter a certeza que o leite condensado ficou bem incorporado.
Numa taça grande ou em tacinhas faça camadas de creme e de bolacha maria picada (a camada de bolacha não deve ser muito grande - eu coloquei muita bolacha!).
A última camada deve ser de creme e depois é só polvilhar um pouco de bolacha maria para decorar.
Leve ao frigorífico por umas 4 horas (só mesmo para o doce ficar um pouco mais rijo) e sirva bem fresco.

Apreciem ;)