terça-feira, 15 de novembro de 2016

Goiabada de Goiabas Rosa (e com pouco açúcar)



Uma ida a casa da minha tia e venho de lá com um alguidar cheio de goiabas rosa, as minhas preferidas :) cheiram tão bem!!!
O problema? A maior parte já estavam muito maduras! Comemos algumas mas era impossível comer todas sem se estragarem!
Para quem não sabe o que são goiabas, aqui vos deixo uma imagem:

Fonte: http://brasilescola.uol.com.br/upload/e/goiaba.jpg

Então pus mãos à obra e decidi fazer um doce de goiaba para oferecer no Natal :) e assim se começam já alguns miminhos eheheheheh
Decidi fazer goiabada com pouco açúcar para oferecer aos menos gulosos (para os mais gulosos fiz outra dose de goiabada bem docinha!).
Desta vez decidi usar a Bimby para me ajudar: adorei o resultado! Foi só lavar, cortar e colocar tudo lá para dentro... programar, e ao fim de pouco mais de uma hora já estava o doce pronto :)
Como coloquei pouco açúcar, esta goiabada fica mole e é perfeita para espalhar sobre pão e bolachas com a colher ;)

Para fazer esta receita usei a ideia que vi no Mundo de Receitas Bimby:
 http://www.mundodereceitasbimby.com.pt/sobremesas-recepty/goiabada/edsw6tv6-bf1b2-245970-cfcd2-738jmp2g

Para aromatizar usei uma casquinha de limão e um belo pau de canela da Suldouro-Navires:


Vamos à receita que fiz:

1kg de goiaba rosa (com pele e sem as grainhas)
350g de açúcar amarelo
1 casca de limão
1 pau de canela Suldouro-Navires

Comece por tratar das goiabas: lave, corte em quatro partes, retire a parte das grainhas (deixei ficar a pele) e pese 1 kg de goiabas arranjadas.
No copo da bimby (se não tem, faça num tacho e com a ajuda da varinha mágica) coloque o açúcar amarelo e as goiabas. Triture 30 segundos na velocidade 5.
Adicione a casca de limão e o pau de canela e programe 30 minutos, a 100 ºC na velocidade 1.
Quando terminar volte a programar 50 minutos, na varoma, velocidade 1 retirando o pequeno copo medidor da tampa e pode colocar o cesto em cima da tampa para evitar salpicos.
Quando terminar, retire a goiabada e verta ainda quente para frasquinhos esterilizados, tape e vire-os ao contrário (para fazer vácuo).

Esta receita rendeu-me 5 frasquinhos e ainda uma pequena tacinha que ficou para comermos cá em casa - os frasquinhos já estão guardados e depois serão devidamente enfeitados e etiquetados para oferecer ;)


Apreciem ;)